Resenha: Cruzando o Caminho do Sol

terça-feira, 23 de abril de 2013
Livro: Cruzando o Caminho do Sol
Autor: Corban Addison
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
Sinopse: Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um... Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

       Sita e Ahalya são duas adolescentes que vivem com sua família na Índia, família rica. Tudo vai bem até que ocorre um tsunami e destrói toda a família das garotas, assim como toda a região onde moravam. Ahalya é mais velha e se ver imediatamente com a segurança da irmã mais nova nas mãos, ela tem que salvar a si mesma e a irmã, tem que procurar um lugar seguro, no entanto, esse é o problema.
       Elas percorrem uma grande distância até chegarem em um local que não foi afetado pelo tsunami e tentam encontrar algum conhecido, pois elas tem uma parenta que mora em outro local, mas não sabem como chegar lá. Um amigo de seu pai aparece no meio da confusão das irmãs e oferece ajuda, e claro, elas aceitam. Ele segue com elas em um carro, que está sendo dirigido por um mal encarado, e desce em um ponto antes. Elas seguem no carro e... o pior acontece! Elas são vendidas para um cafetão. E a história se desenrola a partir daí.
     Thomas é apaixonado pela esposa (ou ex-esposa, nem ele sabe atualmente), apaixonado pelo trabalho de advogado, apaixonado pela família, mas tem um buraco em seu peito, um vazio. E esse vazio que faz a vida dele se desmoronar, e é esse vazio que faz sua vida voltar ao normal. No meio de tristezas ele é "concebido" com uma falsa férias de um ano na Índia, lá ele trabalhará na ONG que tenta derrubar os responsáveis pela tráfico humano.
     De uma forma ou de outra, o livro é ótimo! Mas, Thomas algumas vezes me deixou aflita, com muita raiva, e eu acho que a história dele não fez muito sentido ao livro, talvez se fosse vista de outro ângulo, talvez se tivesse uma relação maior com as duas irmãs, de fato há, mas deveria ser mais forte. As garotas me pareceram duas menininhas que se transformam da noite para o dia. Até posso entender que nessas situações de tráfico realmente a cabeça muda rápido, para o bem ou para o mal. Mas a Ahalya me convenceu, me pareceu bastante natural, agora a Sita me pareceu um personagem forçado, o tempo todo ela tentava ter atitudes de acordo com sua irmã, imitando-a. 
     Thomas é um cara até legal, mas ele fazia umas coisas que me deixavam aflita, ao mesmo tempo que ficava dando pulinhos quando ele queria consertar seu erro, mas depois era fraco... Ai.
     O que posso dizer é que, o livro traz várias situações muito importantes, que nós conhecemos mas ignoramos ou ao menos não nos importamos tanto. As cenas tem uma crueldade incrível, a realidade crua, um realismo que ficou marcado no livro. Que fique claro, eu não gostei muito de dois dos três personagens principais, mas adorei a história, entendi e senti o que o autor quis falar. Esse é motivo por o livro se tornar meu favorito, no entanto tirei um coração por conta dos personagens. 
     Esse é um livro onde você vai poder ter ideia de como é ser traficada para fins sexuais ou para ser uma escrava doméstica. Você fica com medo, você fica alegre, fica aguçada pelo fim da história, e fica, finalmente, satisfeita.  


42 comentários:

  1. Oi, eu tive o imenso prazer de poder ler esse livro e adorei!!!
    O legal é que mesmo não gostando de alguns personagens, vc soube captar a essência do livro e isso não perdeu o valor do enredo, não é mesmo?
    Em minha opinião, o autor conseguiu trabalhar bem o tema! Ele viajou para Mumbai, para conhecer de perto a situação. Compreendi o que passou com o autor, pois também viajei para a Amazônia para escrever. Isso muda tanto você! Muda tão profundamente seu SER...você não está viajando para passear, para fotografar...está viajando para pesquisar...e de repente você vê e ouve coisas que vão acabar te tocando de uma maneira...que ficará para sempre em você.
    Beijinhos no coração.
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu costumo me irritar com esse tipo de personagem, mas a história parece muito boa, gostei da resenha!

    Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  3. Oie :)

    Não tenho muita vontade de ler esse livro admito, primeiro porque a capa é horrorosa ( no meu ponto de vista ), segundo que a estória não me atrai, odeio personagens como Thomas kkkkk, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/2013/04/promocao-dia-do-livro.html ( Participa :D

    ResponderExcluir
  4. Poxa, não conhecia o livro, mas depois de ler sua resenha me deixou com aquela vontadezinha de saber da história.
    Vou registrar no Skoob ^^

    Beijos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei bastante da proposta desse livro. É um tema forte e complicado de se lidar... Seria mais legals e fosse focado só nas meninas (sem o estrangeiro) mas me interessou de qlqr jeito.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da sua resenha, gosto de saber o ponto de vista das pessoas. Ess livro eu tinha me organizado para ler esse mês mas nem consegui mas vou me esforçar para ler em maio ... Estou vendo a novela salve Jorge e confesso que antes dela nunca tinha parado pra pensar no assunto.
    É isso árabes pela leitura e resenha viu!!!! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quis dizer parabéns ... Saiu árabes!!! Oxe =\

      Excluir
  7. Não fiquei com vontade de ler...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Luciana! Confesso que pulei algumas partes da resenha, pois tenho o livro aqui em casa e ainda não o li, mas li sua opinião *_*! Ainda não sei exatamente o que esperar da obra, não do enredo mas... sei lá!
    Mas pelo pouco que li a respeito, é excelente!

    Beijão

    ResponderExcluir
  9. Nossa parece ser bem interessante esse livro mais um pra minha lista de próximos livros!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Olá, vim para agradecer sua visita e dizer que no meu cantinho tem Novidades.
    Bjinhos, se cuida

    (desculpa pelo Ctrl C+Ctrl V, falta de tempo)

    ResponderExcluir
  11. Oii Lu!
    Tive a mesma impressão que vc em relação a Thomas. Ele me deixou cm raiva e eu li os capitulos dele sempre com preguiça rs
    O livro é bom, eu amei tbm <33
    Uma história de vida!
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie, eu não me senti nada atraída pela capa, mas achei interessante a sinopse.
    Quem sabe um dia eu possa ler !
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Lú!
    Já li Cruzando o Caminho do Sol e ele se tornou um dos meus preferidos.Não consegui ver esse lado fraco dos personagens, muito pelo contrário, amei todos eles e cada peculiaridades, mas como sempre digo:
    -cada história toca o seu leitor de inúmeras formas diferentes.

    Bjos
    www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  14. Este livro é muito atual, com a história da novela e tal. Eu li numa sentada, não sei porque mas adoro este tipo de livros mesmo sabendo que é real e acontece muito.

    Beijoks, Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu estou super com vontade de ler esse livro,
    Na verdade sempre tive vontade, desde o lançamento, mas tenho tantos livros na frente que acabei adiando adiando e até hoje nada!
    Adorei tua resenha!

    Beijos,
    Carol e seus livros.

    ResponderExcluir
  16. Gostei do estilo do livro.
    Espero poder ler em breve!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Não li o livro, pretendo ter a possibilidade de ler. Eu fico muito triste com a situação humana, como as pessoas são tão capazes de lucrar as custas da vida de outra pessoa?
    Enfim, pretendo ler e obrigada pela resenha. Espero não me irritar muito com o advogado rs

    ResponderExcluir
  18. Eu acaba não tendo vontade de ler esse livro, mas acho que a história deve mesmo ser incrível, ainda mais se trata de coisas tão cruéis e reais. Acho que é exatamente isso que me leva a não lê-lo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oiee, tudo bem com você ?
    Espero que sim, pois eu estava mais omenos esses dias. Andei um pouco indisposta, mas agora estou um pouco melhor. Por isso que andei um pouco sumidinha (risos)

    Amiga uma ótima resenha essa que fez, mas olha, a história conta uma coisa que tá sendo muito falada agora na novela Salve Jorge, o tráfico. Me lembrei na hora quando li sua resenha. Infelizmente a realidade é muito triste mesmo. E as histórias só fazem a gente abrir melhor os olhos. Muito interessante. Gostei muito do que você escreveu e espero que tenha tirado bom proveito da leitura, pois o mais importante é adquirir aprendizado sobre eles =]]]

    Depois passa no meu cantinho que tá cheio de novidade legal.
    E se puder, curte minha pagina no facebook se ainda não tiver curtindo...E me siga também se não tiver.

    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi
    estou louca pra ler esse livro
    comprei ele recentemente e estou ansiosa pra que chegue logo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Não fico muito interessada em ler esse livro. De alguma forma ele não me chama atenção em momento algum. ;s

    - vitaminadepimenta.blogspot-

    ResponderExcluir
  22. Oi,Lú!
    Faz tempo que venho postegando essa leitura. Nem sei bem o pq, mas de qualquer maneira fiquei aqui pensando que a mensagem transmitida deva ser muito forte e impactante. Prometo que vou "tentar" adiantá-lo na lista de leitura.

    Bjs!
    Zilda
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oiee Lu! Li esse livro e me apaixonou, tornou-se um dos meus favoritos. Pena que encontrou pontos negativos no livro, porque eu não achei nenhum...kkkkkk Ele é meu queridinho em todos os sentidos mesmo.

    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  24. Já ouvi falar uma vez desse livro.
    Parece ter uma história bem cansativa, e com momentos muito difíceis entre os personagens. Gostei da sua resenha, mas não sei se realmente leria o livro.
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Lu! Este livro traz um tema bem forte e parece que foi bem explorado, nunca vi uma resenha negativa dele. Parabéns pela resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  26. Lú, eu não conhecia este livro, pela sua resenha ele parece ser muito interessante, só não sei se esse é o tipo de leitura que pra mim agora... mas vou deixar anotado, quem sabe pinta uma oportunidade para eu ler!!!
    Beijos
    http://coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi, Lú! Não conhecia o livro, mas a história parece interessante e com um tema que tem sido bastante falado atualmente, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  28. Li esse livro recentemente e adorei. Não achei isso dos personagens, pelo contrário, essas falhas só dão mais crédito a história, aproxima o ser humano de como realmente é, ou seja, ele pensa que tem que ser assim, mas quando vai agir, o ambiente, a pressão e as inúmeras variáveis ao redor, exigem dele uma flexibilidade. Apesar do tom de Direito envolvido na trama ser mínimo, a questão desenvolvida no livro, lenocínio (exploração do corpo alheio), para os estudantes da área se mostra um campo altamente complexo, por exemplo, na dificuldade de se obter provas, e isso foi muito bem demonstrado no livro.

    Blog DuLapa - www.dulapa.com.br

    ResponderExcluir
  29. Lu minha querida, tudo bem, flor?

    não conhecia esse livro. Gosto de livros que abordem tema bem atuais e essa questão do trafico de mulheres é algo que as vezes pensamos que só existe em filmes e novelas, mas está aí, né? Achei bem interessante, principalmente por ser ambientado na India.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. O ruim desse tema é que ele é pouco exposto, aí que eu me pego pensando em quantas coisas mais não pensamos sobre. Também tem sido abordado na novela das 9 tudo mais. Enfim...

    ResponderExcluir
  31. P.S: Estou divulgando sua promoção lá no blog.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oi LUUU Florzinha!!! *.*

    Já vi a capa desse livro em vários lugares, mas não me instigava a ler ele - por motivos desconhecidos pelo meu ser. :P
    Mas a resenha ficou muito boa e não sabia que a promíscua do livros era tão bacana! De verdade... Essa estória - apesar das prováveis falhas - parece ser bem bacana. :)

    Esses dramas relativos ao Tsunami, o cara no combate ao tráfico de mulheres...
    Ta na minha listinha.

    Um Grande Beijo!*
    Lucas F
    http://apanhadordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Só vim para responder rapidinho:
    SIM! Você precisa ler Nora Roberts. Adoro <3 rs

    Beijos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  34. Oi. Não conhecia seu blog. adorei aqui!
    da uma passada no meu! obg

    - literamore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Eu estou doida para ler esse livro, esta todo mundo falando sobre ele, e a capa é linda!! Não vejo a hora <3

    http://rainhadoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Tem um filme, não me lembro qual, que o contexto é o mesmo. Só que o filme é tão triste, tão triste.. Eu tenho vontade de ler esse livro, se trata de uma toda cultura que pouco conheço, porém gosto demais.

    Beijos, 7hings!


    ResponderExcluir
  37. Meio que me desespero com personagens assim rs
    Fazem eu perder o encanto pelo livro

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  38. Eh, pela capa e o titulo não daria nada ao livro!
    Mas depois de ter lido esse resenha, fiquei bem curiosa.
    Agora não é nenhuma prioridade, e não seria minha primeira opção de compra, mas quem sabe um dia! Rs'

    Beijão'
    meumundo-aqui.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. Ganhei este livro de presente e reconheço que não me empolguei. Abri o livro descompromissado em ler. Li o primeiro capítulo e pronto, fui pego pelo tsunami e envolvido pela história. Eu ri, eu fiquei triste, fiquei com raiva, fiquei feliz, perdi o fôlego. A cada capítulo e parte eu era arrebatado com Sita para lugares sombrios ou me via como Thomas aturdido pelos compromissos familiares, éticos e morais. Vale a pena ler o livro. Recomendo.

    ResponderExcluir